consumo telecom

consumo telecom

Como melhorar as opções de consumo de plano baseado no padrão de consumo de telecom da sua empresa?

Escolher o plano telefônico empresarial exige mais cuidado do que se imagina. Muitos gestores observam apenas os valores dos serviços ofertados e optam pelo preço mais em conta. Apesar de alguns valores de planos serem mais atrativos que outros, é preciso considerar várias questões, como o consumo de telecom, antes de finalizar um contrato com as operadoras de telefonia.
O padrão de consumo telefônico, que delimita o perfil da empresa, é o que deve guiar a contratação dos serviços de telecom. Suas mudanças também devem ser acompanhadas constantemente para que a empresa gaste exatamente o que foi proposto na assinatura do contrato.
Neste artigo, ensinamos como escolher o melhor plano de telefonia para o perfil da sua empresa e como reduzir o consumo com telecom para aumentar a eficiência da sua gestão. Confira!

Qual a importância de otimizar o consumo de telecom em uma empresa?

Qualquer empresa que busca manter sua competitividade e a sobrevivência em um momento de crise deve ter como objetivo a redução de gastos. Esse é um dos maiores anseios dos gestores na atualidade e os custos com telefonia estão entre os que mais oneram o fluxo de caixa nos negócios.
Mas, para otimizar o consumo de telecom é preciso reavaliar os processos em todas os setores, identificar falhas e delimitar um perfil de consumo, pois assim é possível cortar custos excedentes.
Como resultado, além da empresa enxugar os valores que seriam pagos desnecessariamente, passa a ter mais capital para investir em áreas que agregam valor para a sua lucratividade, como o de pesquisa e desenvolvimento de novos produtos. Com isso, promove seu crescimento e se torna mais competitiva.
Além disso, ao participarem de um esforço coletivo para a redução de custos, os colaboradores se tornam mais engajados e comprometidos com os resultados, pois entendem que a eficiência da empresa está condicionada às suas ações no ambiente organizacional.
A empresa então, passa a equilibrar seus custos fixos a produtividade operacional. No entanto, esses cortes não podem ser aleatórios, pois podem comprometer a capacidade de comunicação entre seus diversos setores, clientes e parceiros.
Nesse contexto, é de extrema importância entender o negócio, compreender os motivos da redução, negociar melhores condições nos contratos e cortar gastos supérfluos que atrapalham a gestão eficiente de telecom. Acompanhe nossas dicas a seguir.

O que o plano telefônico empresarial oferece?

Antes de trocar seu plano é preciso entender as condições oferecidas. São basicamente dois serviços ofertados pelas operadoras: pacote de dados e minutos em ligações. O pacote de dados está relacionado ao acesso à internet e costuma ter uma quantidade de dados comercializada em gigas, 1 GB, 5 GB ou 10 GB, por exemplo.
Já os pacotes de minutos incluem um tempo predeterminado para efetuar ligações. Esses minutos podem ser válidos apenas para ligações locais para telefones fixos e celulares da mesma operadora ou para qualquer tipo de ligação local. Existe também o plano telefônico empresarial, que conta com ligações ilimitadas locais ou inclui chamadas de longa distância.
Para melhorar o plano de telefonia corporativo é preciso ficar atento a esses pontos: verificar a condição ideal para o perfil de uso da sua empresa, a quantidade de minutos ou dados ofertada pelo valor pago, a cobertura da operadora e taxas extras que eventualmente podem ser cobradas nas faturas de forma indevida.

Como reduzir o consumo com telecom?

Quando falamos em melhorar o plano telefônico empresarial conforme o padrão de consumo em telecom devemos pensar em ajustar os serviços contratados de acordo com a utilização e pagar um valor mais justo por eles. Veja algumas dicas a seguir.

Verifique se a franquia atende suas necessidades

Mapeie os processos da sua empresa antes de contratar um plano de telefonia. Apesar de o valor ser importante, antes de mais nada, é preciso verificar a quantidade contratada dos serviços de dados e minutos.
Primeiramente, faça um inventário com todas as soluções e aparelhos que compõe sua infraestrutura de TIC e que se relacionam ao setor. Depois, avalie a demanda para cada situação: vendedores externos, setor de atendimento, equipe de pós-venda, por exemplo.
Estude qual o volume de ligações ou acesso à internet é necessário para um desempenho eficiente, que seja suficiente para não inibir a produtividade da equipe. Se o padrão de consumo de cada telefone é em média 3 GB por mês, 50 minutos de ligações locais para fixo e 100 minutos locais para celular, o plano deve oferecer algo similar.
Nesse caso o ideal é ter um plano que já inclua o pacote de dados e minutos em ligações tanto para telefones fixos quanto para celulares, para que esse controle não seja necessário posteriormente.

Compare os valores dos planos com os serviços oferecidos

Para ter muitas opções de planos, o melhor é olhar o que as operadoras oferecem e, nesse caso, vale a pena comparar mais de uma prestadora de serviços.
Pacotes similares podem ter valores bem diferentes e quando se analisa de forma aprofundada é possível observar que os serviços também podem ser bem diferenciados. Por exemplo, uma operadora oferece por R$ 69,90 ao mês a linha e disponibiliza 6 GB de internet, ligações ilimitadas para telefones da mesma operadora (inclusive longa distância), 400 minutos locais para outras operadoras, 100 minutos longa distância para outras operadoras e SMS a vontade.
Como comparação, podemos analisar o pacote de serviços de outra operadora, que disponibiliza 6 GB de internet, ligações ilimitadas para fixo e móvel de qualquer operadora (inclusive longa distância) e SMS ilimitado por R$ 89,99 por mês.
Na segunda situação o valor é um pouco mais alto, porém, as ligações são ilimitadas. Se a empresa identificar a necessidade de fazer muitas ligações em seu padrão de consumo, essa diferença pode ser compensada, já que a empresa não estará sujeita à cobrança de custos excedentes e ainda pode economizar tempo e/ou mão de obra responsável pelo controle do uso da linha.
Existe ainda, um plano telefônico empresarial que inclui valores reduzidos para o uso de serviços em roaming, no caso de os colaboradores viajarem com maior frequência, e esse ponto também deve ser considerado.

Opte por planos mais flexíveis

Os planos mais flexíveis são os que não restringem o usuário, por exemplo, as ligações podem ser feitas para qualquer operadora, mesmo locais ou de longa distância. Isso permite que a empresa adapte o uso pelo seu padrão de consumo, pois, por mais que haja uma média de utilização, nem sempre ela é para o mesmo tipo de ligação.

Estimule o consumo consciente em âmbito corporativo

Os profissionais que compõe o quadro de funcionários também precisam ter acesso aos relatórios de uso das linhas telefônicas. Com isso, é possível criar um compromisso com a produtividade e a utilização restrita para fins corporativos.
Essa consciência só é possível quando o colaborador participa ativamente dessa política de redução de custos e entende o seu papel nos resultados. Premie colaboradores mais comprometidos para incentivar pelo exemplo e evite punir aqueles que precisaram utilizar a linha para questões pessoais, desde que isso não seja frequente.

Entenda que o padrão de consumo muda

O consumo tende a sofrer alterações com o tempo e isso muitas vezes está relacionado com a estratégia de negócios. Reveja periodicamente se o plano telefônico empresarial atende adequadamente às novas necessidades, ou seja, se é escalável para acompanhar esse crescimento. Assim, a empresa pode atender sua demanda sem gastar muito, principalmente com a adesão a novos contratos.
Para melhorar o plano telefônico empresarial é preciso estar atento às opções do mercado e ao padrão de consumo telecom da sua empresa. Quanto mais o gestor souber sobre os serviços que são utilizados e como eles funcionam, mais fácil será acertar na escolha da operadora e do plano ideal.
Agora, antes de aderir a um novo plano telefônico empresarial: cuidado! O contrato de telefonia pode esconder armadilhas. Aproveite para aprender um pouco mais sobre isso.

WhatsApp (11) 93023-8494